Campus Universitário Darcy Ribeiro, SG 01, Asa Norte - Brasilia 

Telefones: 61 3107-1174 / 1173

arteppg@unb.br

Coordenador

Nome: Biagio D'Angelo
Email: biagioa@unb.br

 

Coordenadora Adjunta

Nome: 
Email: 

 

Equipe Administrativa

Servidor(a): Bruno de Barros Lopes
Servidor(a): Sabrina Strasser
Estagiário: 

Galeria

  • Estudante no ICC
  • Faculdade de Direito - Campus Darcy Ribeiro
  • ICC - Campus Darcy Ribeiro
  • 10 Anos da TV UnB
  • Florada dos Ipês Roxos - UnB
O Professor Dr. Hadi Saba Ayon (pesquisador em Comunicação na Universidade do Havre, França) oferecerá uma disciplina no PPG Design que tratará do tema:
"Interação social e rastreabilidade digital: da construção identitária à construção da memória"
 
A disciplina pretende interrogar o processo de comunicação em sua transição de uma interação social (simbolismo corporal) para uma rastreabilidade digital (calculável e interpretável). Questionar as problemáticas da perfilagem no ambiente digital, de novos comportamentos e das estratégias da visibilidade. Discutir a relação entre arquitetura da informação, estruturação do espaço e memória.
 
A disciplina (30 horas) será oferecida em português, em forma compactada na Pós graduação e está aberta para toda a universidade.
A matrícula, será feita pela Secretaria do PPG Design - email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 
Início: 29/10.
Término:11/11
Horário: 08:40h  - 12:20h
 
Para mais detalhes veja abaixo.
 
 

UnB | IdA | DIn

Programa de Pós-Graduação em Design

Disciplina: Tópicos Especiais em Design, Utopias,Territórios e Ecologias Urbanas 3” (Cód. 326992)

Tema: “Interação social e rastreabilidade digital: da construção identitária à construção da memória”

Professor responsável: Marisa Cobbe Maass (Mat. 987026)

Professor ministrante: Hadi Saba Ayon (Externo)

Local das Aulas: Departamento de Design

Hadi Saba Ayon (Ph.D.) | Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Ementa

Interrogar o processo de comunicação em sua transição de uma interação social (simbolismo corporal) para uma rastreabilidade digital (calculável e interpretável). Questionar as problemáticas da perfilagem no ambiente digital, de novos comportamentos e das estratégias da visibilidade. Discutir a relação entre arquitetura da informação, estruturação do espaço e memória.

Objetivos

  • Dar um entendimento sistêmico da comunicação interpessoal baseando-se sobre os trabalhos das Escolas de Chicago e de Palo alto;
  • Compreender a rastreabilidade digital e seu impacto na comunicação (identidade, reputação, big data, etc.) e na memória;
  • Ampliar os modos de entendimento de arquitetura da informação e suas implicações na construção da memória;
  • Desenvolver uma estratégia digital e elaborar contribuições coletivas;
  • Adquirir conhecimento e experiência para abordar questões digitais na organização.

Método

Análise de trabalhos fundamentais na comunicação interpessoal e na comunicação digital; Debates (discussão de conceitos em sala de aula); Trabalho em grupo para montar projetos de memória e construir seus websites; Elaboração de um Webinar em colaboração com pesquisadores internacionais.

Programa

  • Apresentação dos fundamentos de construtivismo e de interacionismo simbólico;
  • Apresentação dos fundamentos da Escola Francesa sobre o rastro;
  • Discussão dos fragmentos documentais (identidade digital; arquitetura da informação; memória);
  • Apresentação dos projetos de memória cultural (digital);
  • Elaboração de seus websites;
  • Realização e gestão do Webinar.

 

 

Avaliação

Serão levados em consideração: assiduidade, pontualidade, interesse, postura crítica, apresentação das atividades, qualidade da participação nas discussões, qualidade de realização de projeto online e participação ao Webinar.

Ficam definidos: 30% da nota para uma reflexão escrita (sobre a comunicação interpessoal), 20% pela apresentação do projeto online (website, blog ou outro), 30% para realizá-lo e 20% pelo envolvimento na preparação e na gestão do Webinar.

 

 

 

Aula

 

Data

Horário

Atividade

01

Outubro

29/10

08:40 às 12:20

Introdução ao curso; Interação social (Escola de Chicago)

02

30/10

08:40 às 12:20

Comportamento e comunicação (Escola de Palo alto)

03

31/10

08:40 às 12:20

Rastreabilidade e identidade digital (Escola Francesa sobre o rastro)

04

Novembro

01/11

08:40 às 12:20

Arquitetura da informação e memória

05

05/11

08:40 às 12:20

Projetos online: planejamento e apresentação | Orientação e conversa geral

06

07/11

08:40 às 12:20

Elaboração de websites (trabalho de grupos)| Debate

07

08/11

08:40 às 12:20

Elaboração de websites (trabalho de grupos)| Debate

08

09/11

10:30 às 12:20

Webinar

 

 

  • O LABORATÓRIO DESLOCA [PPGAV/UnB] - convida para uma conversa com Jacopo Crivelli Visconti curador geral e Ana Roman assistente de curadoria da 34ª Bienal de São Paulo - Faz escuro mas eu canto. Concebida como um ensaio aberto a partir do conceitos como o de "relação", esta edição da Bienal se organiza ao redor de enunciados: elementos materiais ou imateriais com histórias marcantes e em torno dos quais as obras serão distribuídas na exposição, sugerindo leituras multifacetadas das mesmas. O Desloca reúne pesquisas que abordam os processos de produção em arte a partir das relações entre lugar e deslocamento; lugar e paisagem; lugar e memória; lugar e corpo; lugar e modos de imaginação; viagem; deriva e a residência artística.

    > Leia mais
  • A organização da II Jornada de Iniciação Científica do Departamento de Artes Visuais vem divulgar aos interessados as diretrizes e outras providências para participação dos alunos de graduação no evento

    > Leia mais
  • Lá, a pedra não está morta.O pavio se ergueQuando um olhar o inflamaIngeborg Bachmann     A exposição Rumor teve a curadoria de Yana Tamayo e contou com a participação de 29 artistas da cidade, muitos deles professores da Universidade de Brasília e outros, estudantes do PPG-Artes Visuais. Nesta mostra foram reunidos os trabalhos de Alina Duchrow, Cecília Bona, Cecilia Mori, Clarice Gonçalves, Débora Mazloum, Débora Passos, Gabi, Gê Orthof, Gisel Carriconde, Gustavo Silvamaral, Íris Helena, João Teófilo, Júlia Godoy, Júlia Milward, Karina Dias, Levi Orthof, LHWOLF, Lua Cavalcante, Luciana Ferreira, Luisa Günther/duplaPLUS, Luiz Olivieri, Maria Eugênia Matricardi, Mauricio Chades, Nina Maia, Raquel Nava, Rômulo Barros, Silvino Mendonça, Tatiana Duarte e Thalita Perfeito. Fruto de diálogos entre o Departamento de Artes Visuais da Universidade de Brasília e a gestão da Caixa Cultural Brasília, Rumor se propôs como uma ação coletiva que ocupasse os espaços da Caixa num recorte da produção artística local em sua interface com a UnB e espaços independentes de pesquisa experimental na cidade. Nesse sentido, foi uma mostra que aproximou artistas de diferentes gerações e circuitos sinalizando a importância dos espaços de acolhimento, produção, circulação e formação para o desenvolvimento da prática artística, além da projeção profissional no campo das artes e do fortalecimento de diálogos entre as diversas redes, circuitos e instituições.   Em um primeiro momento, esses diálogos foram articulados nas diferentes linguagens artísticas resultando uma exposição que ocupou as galerias Principal, Piccola I e Piccola II com desenhos, pinturas, objetos, objetos interativos, esculturas, fotografias, vídeos, instalações, performances e ações. Porém, entre as conversas sobre as obras e sobre os processos e procedimentos de ateliê com esse grupo de artistas, percebemos que a escrita faz parte da construção poética de muitos. Seja essa escrita a dos jogos de palavras nos títulos de alguns trabalhos, seja a da literatura como parte integrante de algumas obras, seja na relação dos processos de ateliê com a poesia como suplemento vital e diário ou até da escrita como potência anarcopoética e artivista em intervenções que transbordaram os espaços das galerias.   Dessa constatação da escrita presente tanto nos processos construtivos das obras quanto nas reflexões posteriores sobre os procedimentos de ateliê, surgiu o desejo em desdobrar o tradicional catálogo para um livro-catálogo que pudesse abrigar também essas diversas relações textuais, das escritas de artistas, escritas em queda.   Assim, o livro-catálogo conta com dois Tombos: O Tombo 1 reúne imagens das obras e informações da exposição, o Tombo 2 apresenta textos escritos pelos artistas. Nosso desejo com esses dois volumes é o de compor um espaço de múltiplas observações sobre os trabalhos expostos. Como sabemos a escrita, para muitos artistas, assume formas variadas e nessa aproximação entre palavra e imagem, as coisas se avizinham pelo abismo que as separa[1] ou, quem sabe, a escrita do artista seja o desejo de reencontrar a palavra perdida que se mantém sempre na ponta da língua[2].   O presente livro-catálogo é publicado pela Editora do Programa de Pós-graduação em Artes Visuais da Universidade de Brasília. Realizar uma exposição num momento em que editais são cortados e a verba reduzida nos programas de pós-graduação significa muito. Em tempos sombrios, o importante é seguirmos buscando os faróis que, iluminando a escuridão, nos mantém em movimento. Gostaríamos de agradecer à Marília Saenger pelo convite e pela confiança, ao professor Emerson Dionísio, coordenador do PPGAV-UnB, pelo apoio à realização deste livro-catálogo, a Júlia Milward e Silvino Mendonça por darem forma aos nossos tombos e por estarem conosco na Comissão Organizadora desta publicação, ao Conselho Editorial que prontamente aceitou o nosso convite e, principalmente, aos artistas integrantes da Rumor, por toda produção e composição de uma guerrilha poética. Em momentos nada dóceis o essencial é, como escreve Camus, não se perder e não perder o que, de si mesmo, dorme no mundo.   Abraços esperançosos,Cecilia Mori, Karina Dias e Yana Tamayo.     Conselho EditorialCinara Barbosa (Universidade de Brasília - UnB)Ciro Miguel (Institute for History and Theory of Architecture - GTA\ETH Zurique)Clarissa Borges (Universidade Federal de Uberlândia - UFU)Eliane Chaud (Universidade Federal de Goiás - UFG)Fabrícia Jordão (Universidade Federal do Paraná - UFPR)Francis Wilker (Universidade Federal do Ceará - UFC)Graça Ramos (Jornalista, Curadora independente e Historiadora da Arte)Isabela Prado (Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG)Marília Panitz (Professora e Curadora independente)Matias Monteiro (Artista e Curador independente)   AgradecimentosUniversidade de BrasíliaMarília SaengerRicardo GauthamaPhil Jones  Catálogo Rumor - Tombo I Catálogo Rumor - Tombo II

    > Leia mais
  • Seminário Mário Pedrosa, na próxima segunda-feira, dia 09/11, às 20:00

    > Leia mais
  • Mostra de Audiovisual Experimental, Projeto de Extensão e Cultura dos cursos de Artes Visuais do Instituto de Letras e Artes da FURG, coordenado pela Professora Ana Maio e Professor Marcelo Gobatto, com apoio do Instituto Cultural Torus.   No dia 04/11, às 20h, realizaremos a primeira live com a abertura da Mostra e participação de Ana Maio, Laura Cattani, Munir Klamt e Marcelo Gobatto - equipe de organização da Fresta 2020.   Novembro é mês da FRESTA AUDIOVISUAL EXPERIMENTAL!!!   É com muita alegria que compartilhamos a programação da 5ª edição da Fresta Mostra de Audiovisual Experimental, que tem como principal tema Insurgências em tempos de isolamento.   De 4 a 7 de novembro, às 18h, haverá sessões das 119 obras selecionadas, seguido de lives com exibição de filmes/vídeos e rodas de conversa com convidadxs, à partir de 20h.   A programação será exibida em streaming no site www.mostrafresta.com.br.         !!!!!!SESSÕES!!!!!!   A partir das 18h exibiremos via streaming as 119 produções audiovisuais selecionadas para a 5ª Edição da FRESTA. Os trabalhos estarão divididos em 11 sessões: "Cultura Digital, remix e filmes de arquivo", "Experimentação Visual", "Espaço Urbano, deambulação e paisagem", "(Re)existências em tempos de isolamento - Experimentais", "Ensaios do confinamento I", "Ensaios do confinamento  II", "(Re)existências em tempos de isolamento - Curtas", "Narrativas de resistências e invisibilidades", "Vidas Negras e Vidas Indígenas Importam", "Corpos: Gestos" e "Corpos, Transgressões e Gestos".     DIA 4/11 Cultura Digital, remix e filmes de arquivo - https://drive.google.com/file/d/11Cu6kHF_xkstPtHIv5k89Y7N_PYJ1Ev8/view?fbclid=IwAR2WjnPGpKA5ahgjc1b6RRCMYesx7yYbPjiU_ucV-uzdsfp4OnK8kyGK6dY Experimentação Visual - https://drive.google.com/file/d/1bQ1-xxRhAmj3bj_C6806wQjDMEO2p22D/view?usp=sharing Espaço Urbano, deambulação e paisagem - https://drive.google.com/file/d/1iq05zrPPepU6kHvX44FOHleUqrmqX6kI/view?usp=sharing   DIA 5/11  (Re)existências em tempos de isolamento: Experimentais - https://drive.google.com/file/d/1uDWAeSg-_JEXbDe9RiT8PvBg80sAm4Vy/view?usp=sharing Ensaios do Confinamento I - https://drive.google.com/file/d/10-BThg3YO53R9qthl9f5JG4dhORa1l2Z/view?usp=sharing Ensaios do Confinamento II - https://drive.google.com/file/d/1hxG9ZtZRBLpFbtFc3IT_zvwOfrZTCjKM/view?usp=sharing   DIA 6/11: (Re)existências em tempos de isolamento: Curtas -https://drive.google.com/file/d/1wkaFEcoJaRlfzuKNcYGL2AYjSGaEUCzj/view?usp=sharing Narrativas de resistências e invisibilidades - https://drive.google.com/file/d/1ffz1iiNqv_tMDyotlcaG8eHcG83FfO92/view?usp=sharing Vidas Negras e Vidas Indígenas Importam - https://drive.google.com/file/d/1pI_n8lag8VxTny0O6YcNDUR6z335IPTD/view?usp=sharing   DIA 7/11: Corpos: Gestos - https://drive.google.com/file/d/1m8oM9JpRuVnKH3tc9oL8-oE0Br6dI7s-/view?usp=sharing Corpos: Transgressões - https://drive.google.com/file/d/1gazXPTR4XejS8TDBV2cNflBevFuS1iMP/view?usp=sharing   !!!!!!LIVES!!!!!! De 4 a 7 de novembro, às 20h, serão realizadas rodas de conversa sobre práticas insurgentes que caracterizam a atual produção audiovisual. https://drive.google.com/file/d/1GcIFKX5v_6Qcvx1nesEkWdT8BGrVs7Mf/view?usp=sharing   04/11 (quarta-feira) às 20h: Live de abertura Abertura da Mostra - Conversa com a Comissão Organizadora: Ana Maio, Marcelo Gobatto, Laura Cattani e Munir Klamt. Exibição da série UMA ARQUEOLOGIA DO DESLOCAMENTO. De Marcelo Armani, 2020, 23' (4 vídeos). Conversa sobre Processos e existência com Marcelo Armani Mediação: James Zortéa e Marcelo Gobatto   05/11 (quinta-feira) às 20h: Exibição: "A casa" - de Camila Leichter, 13'13" Conversa com Leonardo Bonfim: Filmar o quê? Mediação: Marcelo Gobatto e Guilherme da Luz   06/11 (sexta-feira) às 20h: Exibição: Maria Conga - Série Gestos. De Luanda, 2019, 1'05".  Intestino. De Giuliano Lucas,  2020,  4'53". Conversa "Vidas Negras e Indígenas Importam", com Luanda, Mariana Massena, Giuliano Lucas e Paulo Ferreira. Mediação: Luanda    **07/11 às 19h15  Conversa sobre Audiovisualidades insurgentes e Corporalidade(s) Expandida(s) com Ladys Gonzales e Wanda López Trelles Mediação: Rosângela Fachel    **07/11 das 20h15 às 21h15 - Live de encerramento Exibição da versão inédita do vídeo:  Penduricalho/Tiny Appendix, da Banda de Garotas Instantâneas - IBG. 2020, 8'22. Conversa com Marion Velasco e Alice Porto. Mediação: Ana Maio e Laura Cattani   --  Laura Cattani   Doutora em Poéticas Visuais (UFRGS), artista visual (Ío), curadora (Galeria Maria Lucia Cattani), pesquisadora (UnB), produtora cultural (Instituto Cultural Torus).   Contato lbcattani@gmail.com / contato@io.art.br Telefone celular/whatsapp: +55 51 993 523 309   io.art.br https://www.instagram.com/torus.arte/ https://www.instagram.com/arquipelago_2020/

    > Leia mais